Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Texas Restaurant Under Fire para letreiro de néon vintage "racista"

Texas Restaurant Under Fire para letreiro de néon vintage

Donos de restaurantes dizem que a placa faz parte da história

Um restaurante em Texas está enfrentando uma reação adversa depois que a foto de uma placa postada em um de seus quartos se tornou viral nas redes sociais. Muitos estão exigindo a remoção da placa, chamando-a de racista em comentários que circulam nas redes sociais e no Yelp.

De acordo com KCBD, uma afiliada local do MSNBC no Texas, o problema surgiu depois que uma pessoa compareceu a uma festa de feriado na Cook’s Garage e, posteriormente, postou uma foto da placa no Facebook. Os proprietários do restaurante responderam à reclamação respondendo por escrito: “Não colocamos esta placa para ser depreciativa, racista ou para ofender ninguém. Isso faz parte da história americana ... assim como tudo o mais pendurado em nossa coleção e edifícios. ”

A postagem continua, “Tia Jemima, mamães e muitos outros colecionáveis ​​negros são muito procurados, assim como colecionáveis ​​americanos com personagens brancos. O Coon Chicken Inn foi um restaurante real iniciado nos anos 20. Mais uma vez, queremos enfatizar que não pretendemos ofender ninguém e estamos apenas preservando uma parte da história que deve nos lembrar a todos da falta de sentido do preconceito racial. ”

Mas muitas pessoas não estão totalmente satisfeitas com a resposta do restaurante.

“Não comi aqui, nem comerei. Trabalhamos muito para educar nossos filhos a amar e respeitar todas as pessoas, não a ofendê-los e rebaixá-los”, Elle E. escreveu no Yelp. “Embora o proprietário tenha o direito de decorar como desejar, temos o direito de não apoiar a ignorância do passado ser usado como‘ decoração ’.”

O Daily Meal entrou em contato com a Cook’s Garage para mais comentários.


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são freqüentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as canas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por darem algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão contentes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por algum motivo, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as cannas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, cannas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraíze" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu Sanderson, Floresville ou Georgetown de se tornarem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são freqüentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as cannas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por darem algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão felizes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por algum motivo, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as canas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, cannas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraize" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu Sanderson, Floresville ou Georgetown de se tornarem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são frequentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as canas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por darem algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão contentes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por alguma razão, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as canas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, cannas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraize" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu Sanderson, Floresville ou Georgetown de se tornarem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são freqüentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as canas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por darem algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão contentes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por alguma razão, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as cannas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, cannas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraíze" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu que Sanderson, Floresville ou Georgetown se tornassem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são freqüentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as cannas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por darem algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão contentes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por algum motivo, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as cannas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, cannas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraize" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu que Sanderson, Floresville ou Georgetown se tornassem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são frequentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as canas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por darem algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão felizes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por alguma razão, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as canas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, canas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraize" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu Sanderson, Floresville ou Georgetown de se tornarem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são freqüentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Antes da chegada da lixeira, as cidades tinham becos onde o lixo ficava escondido. As canas ficaram tão grossas que as pessoas presumiram que a aparência das flores era um projeto de embelezamento do governo. O que os convenceu do contrário foi que as canas prosperaram - o que eles não teriam se fosse um projeto do governo. A verdade é que esses órfãos do beco cresceram de raízes descartadas por jardineiros que haviam esgotado outros métodos de descarte como napalm, sepultamento no mar e revestimento em cimento.

O programa de televisão da manhã de domingo, anteriormente conhecido como Esta semana com David Brinkley costumava abrir com uma foto do Capitólio dos EUA com canas em destaque no primeiro plano. Os horticultores do sul (não conhecidos por serem madrugadores de manhã) ajustam seus relógios para que possam ver as canas sob os holofotes.

Em Houston, o ex-prefeito Bob Lanier e sua esposa ajardinaram os canteiros de flores das fronteiras de suas casas com canas. Ou talvez tenha sido a decisão do jardineiro .. Este ato seria o equivalente hortícola de entrar um vira-lata em uma exposição de cães, mas aplaudimos os Laniers por dar algum reconhecimento ao canna e por salvar River Oaks do tédio de ligustrum, murtas crepe e fora -of-bloom azaleas.

Cannas são literalmente mais baratas do que terra - ou pelo menos terra para vasos, e para as pessoas que as têm - elas ficarão contentes com um acre de dois - se alguém mostrar um mínimo de interesse. As pessoas que desfazem as malas das visitas ao Sul encontram cannas enfiadas em suas bagagens e jogadas nos reservatórios de pneus sobressalentes de seus carros.

Jardins de Chernobyl e Canna Chow

Se não fosse pelos invernos frios da Rússia, a lendária resistência das canas as tornaria a primeira escolha para replantar os jardins de Chernobyl. E quando as pessoas levarem a sério a luta contra a fome na África - as Nações Unidas podem iniciar uma investigação sobre o conteúdo nutricional das raízes da cana. As folhas largas das canas podem ainda não ser ingredientes de salada para humanos - mas as cabras são outra história. E as cabras fornecem carne e leite.

Por algum motivo, o Wal-Mart parece ser um grande fornecedor de canas. Eles aparecem em caixas enormes no início da primavera e, ao contrário de outros itens oferecidos às massas, você não precisa chegar lá cedo. Depois que todas as outras lâmpadas se foram, as canas ainda estão lá. Mesmo onde os Wal-Marts foram fechados para sugar a força vital dos negócios de outras cidades, cannas brotam nas velhas lajes de concreto.

Não prenda a respiração esperando que o Canna "desenraize" o Bluebonnet como a flor oficial do estado do Texas, mas ainda pode haver surpresas por vir desta flor pouco apreciada. E se suas raízes em pó fossem um afrodisíaco, um repelente de formigas de fogo ou um substituto barato para as ervas de vodu haitianas caras?

Para pequenas cidades do Texas que precisam de um slogan - "Canna Capital of Texas" ainda não foi escolhida. Mesmo que sua cidade não tenha o suficiente para se qualificar - ainda não tenha cannas - não deixe que isso o impeça. Isso não impediu Sanderson, Floresville ou Georgetown de se tornarem "Capitais" para Cactus, Peanuts e Poppies (respectivamente).


Considere o humilde canna e onde cresce

Diz-se prima da banana, a cana não se afasta muito dos úteis tubérculos do taro e da mandioca (sendo este último a fonte da tapioca). Mas o principal interesse na planta hoje não está em seus potenciais usos nutricionais ou farmacêuticos. É amplamente considerado um ornamental. Observe que não dissemos que era considerado um ornamento. O canna, você vê, é o Rodney Daingerfield do jardim do sul.

Cannas, junto com cacto de pera espinhosa, são freqüentemente as únicas plantas com flores encontradas em cidades fantasmas e às vezes rivalizam com íris como flores enraizadas de cemitério. No entanto, sua associação percebida com a pobreza e seu hábito de se espalharem torna-os flora non grata em muitos cemitérios - especialmente aqueles da variedade de 'terra raspada'.

Ridiculamente fáceis de cultivar, as canas criarão raízes se caírem na areia, solo, asfalto, cimento ou montes de resíduos radioativos. Before the arrival of the dumpster, towns had back alleys where garbage was hidden from view. Cannas grew so thick that people assumed the flowers appearance was a government beautification project. What convinced them otherwise was that the cannas throve - which they would not have had it been a government project. The truth is that these back alley orphans grew from roots discarded by gardeners who had exhausted other disposal methods like napalm, burial at sea and encasement in cement.

The Sunday morning television program formerly known as This Week with David Brinkley used to open with a shot of the U. S. Capitol with cannas prominently featured in the foreground. Southern horticulturists (not known for being early Sunday morning risers) set their clocks so that they could see cannas in the spotlight.

In Houston, former mayor, Bob Lanier and his wife landscaped the flowerbeds of home borders with cannas. Or perhaps it was the gardener's decision..This act would be the horticultural equivalent of entering a mongrel in a dog show but we applaud the Laniers for giving the canna some recognition and for saving River Oaks from the boredom of ligustrum, crepe myrtles and out-of-bloom azaleas.

Cannas are literally cheaper than dirt - or at least potting soil, and for people who have them - they ll gladly part with an acre of two - if anyone shows a modicum of interest. People unpacking from visits to the South have found cannas tucked in their luggage and dropped into the spare tire wells of their cars.

Chernobyl Gardens and Canna Chow

If it wasn't for the cold Russian winters, the legendary resistance of cannas would make them the first choice for replanting the gardens of Chernobyl. And when people get serious about fighting starvation in Africa - the United Nations might start an investigation into the nutritional content of canna roots. The broad leaves of cannas might not yet be salad ingredients for humans - but goats are another story. And goats provide meat and milk.

For some reason Wal-Mart seems to be a major supplier of cannas. They appear in huge bins in early spring and unlike other items offered to the masses, you need not get there early. After all the other bulbs are gone, the cannas are still there. Even where Wal-Marts have closed down to suck the business lifeblood from other towns, cannas spring up in the old concrete slabs.

Don't hold your breath waiting for the Canna to "uproot" the Bluebonnet as the official Texas State Flower but there may be surprises yet to come from this under-appreciated flower. What if their powdered roots were an aphrodisiac, a fire ant repellent or a cheap substitute for overpriced Haitian voodoo herbs?

For small Texas towns needing a slogan - "Canna Capital of Texas" hasn't yet been taken. Even if your town doesn't have enough to qualify - don't yet have any cannas - don't let that stop you. It didn't stop Sanderson, Floresville or Georgetown from becoming "Capitals" for Cactus, Peanuts and Poppies (respectively).


Consider the Lowly Canna and Where It Grows

Said to be a cousin of the banana, the canna is not too far removed from the useful tubers Taro and Cassava (latter being the source of tapioca). But the main interest in the plant today is not in its potential nutritional or pharmaceutical uses. It is widely regarded as an ornamental. Please notice we did not say it was prized as an ornamental. The canna, you see, is the Rodney Daingerfield of the Southern garden.

Cannas, along with prickly pear cactus, are frequently the only flowering plants found in ghost towns and they sometimes rival irises as rooted cemetery flowers. However, their perceived association with poverty and their habit of spreading themselves thick makes them flora non grata at many graveyards - especially those of the 'scraped earth' variety.

Ridiculously easy to grow, cannas will take root if dropped on sand, soil, asphalt, cement or slag heaps of radioactive waste. Before the arrival of the dumpster, towns had back alleys where garbage was hidden from view. Cannas grew so thick that people assumed the flowers appearance was a government beautification project. What convinced them otherwise was that the cannas throve - which they would not have had it been a government project. The truth is that these back alley orphans grew from roots discarded by gardeners who had exhausted other disposal methods like napalm, burial at sea and encasement in cement.

The Sunday morning television program formerly known as This Week with David Brinkley used to open with a shot of the U. S. Capitol with cannas prominently featured in the foreground. Southern horticulturists (not known for being early Sunday morning risers) set their clocks so that they could see cannas in the spotlight.

In Houston, former mayor, Bob Lanier and his wife landscaped the flowerbeds of home borders with cannas. Or perhaps it was the gardener's decision..This act would be the horticultural equivalent of entering a mongrel in a dog show but we applaud the Laniers for giving the canna some recognition and for saving River Oaks from the boredom of ligustrum, crepe myrtles and out-of-bloom azaleas.

Cannas are literally cheaper than dirt - or at least potting soil, and for people who have them - they ll gladly part with an acre of two - if anyone shows a modicum of interest. People unpacking from visits to the South have found cannas tucked in their luggage and dropped into the spare tire wells of their cars.

Chernobyl Gardens and Canna Chow

If it wasn't for the cold Russian winters, the legendary resistance of cannas would make them the first choice for replanting the gardens of Chernobyl. And when people get serious about fighting starvation in Africa - the United Nations might start an investigation into the nutritional content of canna roots. The broad leaves of cannas might not yet be salad ingredients for humans - but goats are another story. And goats provide meat and milk.

For some reason Wal-Mart seems to be a major supplier of cannas. They appear in huge bins in early spring and unlike other items offered to the masses, you need not get there early. After all the other bulbs are gone, the cannas are still there. Even where Wal-Marts have closed down to suck the business lifeblood from other towns, cannas spring up in the old concrete slabs.

Don't hold your breath waiting for the Canna to "uproot" the Bluebonnet as the official Texas State Flower but there may be surprises yet to come from this under-appreciated flower. What if their powdered roots were an aphrodisiac, a fire ant repellent or a cheap substitute for overpriced Haitian voodoo herbs?

For small Texas towns needing a slogan - "Canna Capital of Texas" hasn't yet been taken. Even if your town doesn't have enough to qualify - don't yet have any cannas - don't let that stop you. It didn't stop Sanderson, Floresville or Georgetown from becoming "Capitals" for Cactus, Peanuts and Poppies (respectively).


Consider the Lowly Canna and Where It Grows

Said to be a cousin of the banana, the canna is not too far removed from the useful tubers Taro and Cassava (latter being the source of tapioca). But the main interest in the plant today is not in its potential nutritional or pharmaceutical uses. It is widely regarded as an ornamental. Please notice we did not say it was prized as an ornamental. The canna, you see, is the Rodney Daingerfield of the Southern garden.

Cannas, along with prickly pear cactus, are frequently the only flowering plants found in ghost towns and they sometimes rival irises as rooted cemetery flowers. However, their perceived association with poverty and their habit of spreading themselves thick makes them flora non grata at many graveyards - especially those of the 'scraped earth' variety.

Ridiculously easy to grow, cannas will take root if dropped on sand, soil, asphalt, cement or slag heaps of radioactive waste. Before the arrival of the dumpster, towns had back alleys where garbage was hidden from view. Cannas grew so thick that people assumed the flowers appearance was a government beautification project. What convinced them otherwise was that the cannas throve - which they would not have had it been a government project. The truth is that these back alley orphans grew from roots discarded by gardeners who had exhausted other disposal methods like napalm, burial at sea and encasement in cement.

The Sunday morning television program formerly known as This Week with David Brinkley used to open with a shot of the U. S. Capitol with cannas prominently featured in the foreground. Southern horticulturists (not known for being early Sunday morning risers) set their clocks so that they could see cannas in the spotlight.

In Houston, former mayor, Bob Lanier and his wife landscaped the flowerbeds of home borders with cannas. Or perhaps it was the gardener's decision..This act would be the horticultural equivalent of entering a mongrel in a dog show but we applaud the Laniers for giving the canna some recognition and for saving River Oaks from the boredom of ligustrum, crepe myrtles and out-of-bloom azaleas.

Cannas are literally cheaper than dirt - or at least potting soil, and for people who have them - they ll gladly part with an acre of two - if anyone shows a modicum of interest. People unpacking from visits to the South have found cannas tucked in their luggage and dropped into the spare tire wells of their cars.

Chernobyl Gardens and Canna Chow

If it wasn't for the cold Russian winters, the legendary resistance of cannas would make them the first choice for replanting the gardens of Chernobyl. And when people get serious about fighting starvation in Africa - the United Nations might start an investigation into the nutritional content of canna roots. The broad leaves of cannas might not yet be salad ingredients for humans - but goats are another story. And goats provide meat and milk.

For some reason Wal-Mart seems to be a major supplier of cannas. They appear in huge bins in early spring and unlike other items offered to the masses, you need not get there early. After all the other bulbs are gone, the cannas are still there. Even where Wal-Marts have closed down to suck the business lifeblood from other towns, cannas spring up in the old concrete slabs.

Don't hold your breath waiting for the Canna to "uproot" the Bluebonnet as the official Texas State Flower but there may be surprises yet to come from this under-appreciated flower. What if their powdered roots were an aphrodisiac, a fire ant repellent or a cheap substitute for overpriced Haitian voodoo herbs?

For small Texas towns needing a slogan - "Canna Capital of Texas" hasn't yet been taken. Even if your town doesn't have enough to qualify - don't yet have any cannas - don't let that stop you. It didn't stop Sanderson, Floresville or Georgetown from becoming "Capitals" for Cactus, Peanuts and Poppies (respectively).