Receitas de coquetéis, destilados e bares locais

Sanduíche da semana: Porchetta no SD26

Sanduíche da semana: Porchetta no SD26

Porchetta é indiscutivelmente a comida de rua italiana mais sedutora. Em feiras de bairro e mercados e às vezes apenas estacionado ao longo da estrada em várias partes da Itália - e especialmente em torno de Roma e da zona rural circundante do Lazio - você sentirá o aroma irresistível de gordura de porco assada flutuando no ar e, se você segui-la, encontrará uma carroça ou van na qual um grande pedaço em forma de barril de porco desossado marrom-dourado gira em um espeto, pingando sucos conforme escurece. À medida que cada cliente avança, fragmentos de carne úmida são cortados e colocados em uma camada de sanduíche, ou panino. É quase inevitavelmente indecentemente bom.

Diz a tradição que a porchetta foi inventada a cerca de 24 quilômetros a sudeste de Roma, em Ariccia, um dos chamados Castelli Romani, nas colinas de Alban. A porchetta romana costuma ser recheada com alho, sementes de erva-doce e outras ervas. Em algumas outras regiões, muitas vezes são adicionadas miudezas de porco picadas finamente (fígado, rim, intestinos, etc.). Em Manhattan, onde é consideravelmente menos comum do que na Itália, o recheio mais simples é o preferido, e é raro, senão impossível, encontrar porchetta na rua.

Um dos poucos restaurantes da cidade de Nova York que o torna é o SD26, no lado norte do Madison Square Park. SD26, administrado pelo venerável restaurateur italiano Tony May e sua filha Marisa, é um lugar sofisticado com comida às vezes bem sofisticada, e não é o tipo de lugar que você esperaria encontrar esta especialidade rústica. Mesmo assim, a porchetta é produzida aqui diariamente, para ser servida no café casual na frente do restaurante (embora você provavelmente possa convencê-los a trazê-la para você na sala de jantar, se pedir com educação). Aqui, o porco assado desossado é temperado com sementes de erva-doce, alho, alecrim, sal kosher e pimenta-do-reino e assado em fogo alto em um forno de convecção, depois descansado e fatiado.

A carne é muito boa, mesmo que não tenha aquele caráter de fogueira ao ar livre. Mais objetivo, porém, é o que é servido. Nenhum panino genérico aqui; A porchetta do SD26 está amontoada dentro de uma roseta. O pãozinho romano típico, em cestas de pão por toda a Cidade Eterna, é a roseta, em forma de flor (ou roseta), crocante por fora e principalmente ar por dentro. Não é uma forma de pão encontrada com frequência nos EUA, e a maioria dos exemplos aqui são apenas secos e enfadonhos. Quando os Mays decidiram servir roseta no SD26, eles queriam fazer isso direito. Eles convidaram um famoso padeiro de Roma chamado Vittorio Corinaldesi, cujas três padarias Compagnia del Pane pela cidade começaram como uma empresa familiar em 1927. Corinaldesi passou três semanas no restaurante, treinando seus próprios padeiros para usar adequadamente o equipamento especial necessário para fazer roseta.

Como explica Tony May: “Para produzir este tipo de pão, é necessário um tipo particular de farinha, pois a massa terá que passar por um aumento duplo. Primeiro é necessário ter um rolo de massa, ou rollatrice, que a massa é passado após a primeira subida. Isso solta a massa, quebrando as fibras. A massa pode então crescer novamente antes de ser cortada no tamanho adequado com outra máquina chamada cortador, ou spezzatrice. carimbado com uma ferramenta manual para dar-lhe a sua forma de rosa e finalmente cozido. "

Porchetta em um panino é excelente, mas porchetta em uma roseta - com carne, gordura doce e sucos imersos em um rolo incomum e viciante - é ainda melhor; é o sanduíche romano perfeito, e praticamente um período perfeito de sanduíche.


The Meatwave

Quando decidi fazer porchetta defumada, o ímpeto era realmente comer esses sanduíches bem específicos. Veja, na semana anterior àquele Meatwave eu estava em Vancouver para uma conferência e bem próximo ao local havia uma lanchonete sobre a qual eu havia lido e sempre quis experimentar o & mdashMeat & Bread. Seu item de assinatura é um sanduíche que combina carne porchetta, pele de porco torrada e salsa verde italiana em um pãozinho de ciabatta tostado. Claro, eu tive que fazer isso enquanto estava lá, e embora o sanduíche pareça e soe aparentemente simples, foi uma incrível potência de sabores e texturas que me deixou com mais desejo depois de terminar a última mordida. Então, qual foi a melhor maneira de se afastar mais de 3000 milhas do restaurante? Faça em casa!

Com um sanduíche com poucos ingredientes como esse, cada um conta ainda mais. Felizmente, uma padaria perto da minha casa faz uma ciabatta bem decente, então foi fácil conseguir alguns pães para fazer sanduíches suficientes para alimentar uma multidão.

A salsa verde italiana é algo que você definitivamente precisa fazer fresco, mas com a ajuda de um processador de alimentos, não é muito mais do que despejar todos os ingredientes e pulsar. Se você nunca comeu a salsa verde italiana, você terá uma delícia, pois este molho tem uma tonelada de sabor que é definido principalmente por seus componentes mais frescos - mdashparsley e limão. A verdadeira magia, porém, reside nas adições de anchovas e alcaparras, que criam um sabor muito saboroso e picante que introduz muita complexidade.

Como já escrevi um post inteiro sobre como fazer a porchetta defumada, não vou entrar em muitos detalhes aqui. Para uma corrida básica, porém, esta porchetta era toda pele de barriga de porco que eu temperei com uma mistura de ervas e pimenta antes de amarrar fechada e fumar até que a carne registrasse 180 graus no centro. Eu tinha comprado um pedaço de barriga monstro de quatro quilos, mas para uma multidão menor ou apenas sanduíches, você pode ir menor (embora você provavelmente queira muito para as sobras).

Depois de defumado, era hora de torrar a pele, que é um elemento crucial nesses sanduíches. Então, para fazer isso com eficiência e eficácia, usei meu espeto sobre um fogo muito quente, o que transforma aquele tipo de pele de borracha em torresmos ultracurvados em cerca de dez minutos.

Depois de tudo pronto, para fazer os sanduíches comecei divorciando a pele e a carne da porchetta e cortando cada um separadamente.

Agora que a carne da barriga estava suculenta, macia e intensamente temperada, mas cara, ela ainda não se compara à pele crocante e esfumada, da qual eu continuava estourando pedaços enquanto a cortava.

Em seguida, pincelei levemente a ciabatta com azeite de oliva e torrei no fogo. Eu tinha fatiado o pão em várias seções pequenas para o tamanho da amostra, mas uma ciabatta de tamanho grande normal provavelmente fará de três a quatro sanduíches de tamanho normal. Também usei a grelha para torrá-los porque já estava funcionando, mas nos dias subsequentes, ao fazer esses sanduíches como sobras, a torradeira fez o trabalho para mim.

Em seguida, para a montagem, coloquei primeiro uma camada de carne picada de porchetta, seguida por pedacinhos de pele crocante e, por fim, cobri com a salsa verde.

Eu teria ficado feliz em dizer que eles combinavam com aqueles sanduíches da Meat & Bread, mas a realidade é que eu acho que eles eram ainda melhores. Houve algumas coisas que realmente fizeram este sanduíche se destacar para mim quando comparado com a inspiração e mdashmy porchetta foi mais fortemente temperado com um caráter mais forte de ervas e picantes que eu realmente gostei, e o fato de ser fumado adicionou um componente de sabor adicional que o elevou ainda mais. Isso aqui era a perfeição do sanduíche. Cada mordida foi inundada em um sabor imenso com carne tenra e suculenta com contrastes de textura do pão crocante e pele torrada, além da torta e molho fresco criando um equilíbrio para o peso. Eu comi seriamente por dias depois de prepará-los pela primeira vez e nunca me cansei deles. Eu, no entanto, verifiquei meu colesterol cerca de uma semana depois e ele estava fora das tabelas, então aceite o que vale a pena, embora eu ainda defenda que cada sanduíche valha totalmente a pena.

Publicado em Qui, 28 de setembro de 2017 por Joshua Bousel

Sanduíches De Porchetta Defumada

  • Produção 4 porções
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 minuto
  • Total 11 minutos

Ingredientes

  • Para a Salsa Verde Italiana
  • 1 1/2 xícaras de salsa de folhas achatadas grosseiramente picadas
  • 2/3 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • Alcaparras de 1/4 xícara, drenadas
  • 3 filetes de anchova
  • 1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 dentes de alho médios, picados (cerca de 2 colheres de chá)
  • 1/2 colher de chá de raspas raladas de 1 limão
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • Para os sanduíches
  • 1 pão grande de ciabatta, dividido ao meio no sentido do comprimento e fatiado em 4 porções iguais
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem, para escovar
  • 1 1/2 lbs de porchetta defumada, pele e carne separadas e ambas grosseiramente picadas

Procedimento

  1. Para fazer a salsa verde italiana: Coloque a salsa, o azeite, as alcaparras, as anchovas, o vinagre, o suco de limão, o alho e as raspas de limão na tigela de trabalho de um processador de alimentos com lâmina de aço. Pulsar até que a salsa esteja bem picada, cerca de 10 pulsos de 1 segundo, parando para raspar as laterais da tigela conforme necessário. Tempere o molho com sal e pimenta a gosto. Transfira para uma tigela pequena e reserve.
  2. Para fazer os sanduíches: Acenda uma chaminé cheia de carvão. Quando todo o carvão estiver aceso e coberto com cinzas, despeje e espalhe o carvão uniformemente sobre toda a superfície da grelha de carvão. Coloque a grelha de cozimento, tampe a grelha e deixe aquecer por 5 minutos. Limpe e unte a grelha para grelhar. Pincele os lados cortados da ciabatta com azeite e coloque, com o lado cortado para baixo, na grelha e torrar até dourar levemente, cerca de 1. Como alternativa, torrar fatias de pão no forno ou torradeira.
  3. Coloque quantidades generosas de carne de porco picada em cada fatia de pão de baixo e cubra com a pele de porco picada e o molho verde italiano. Sirva imediatamente.

Você pode gostar também

Sanduíches De Porco Assado Filadélfia

Porchetta Defumada

Lechon Liempo Fumado

Comentários

Melhores fumantes Obrigado por este artigo, eu adoro isso. Postado em quinta-feira, 28 de setembro de 2017, às 20h44


The Meatwave

Quando decidi fazer porchetta defumada, o ímpeto era realmente comer esses sanduíches bem específicos. Veja, na semana anterior àquele Meatwave eu estava em Vancouver para uma conferência e bem próximo ao local havia uma lanchonete sobre a qual eu havia lido e sempre quis experimentar o & mdashMeat & Bread. Seu item de assinatura é um sanduíche que combina carne porchetta, pele de porco torrada e salsa verde italiana em um pãozinho de ciabatta tostado. Claro, eu tive que fazer isso enquanto estava lá, e embora o sanduíche pareça e soe aparentemente simples, foi uma incrível potência de sabores e texturas que me deixou com mais desejo depois de terminar a última mordida. Então, qual era a melhor maneira de se afastar mais de 3000 milhas do restaurante? Faça em casa!

Com um sanduíche com poucos ingredientes como esse, cada um conta ainda mais. Felizmente, uma padaria perto da minha casa faz uma ciabatta bastante decente, então foi fácil conseguir alguns pães para fazer sanduíches suficientes para alimentar uma multidão.

A salsa verde italiana é algo que você definitivamente precisa fazer fresco, mas com a ajuda de um processador de alimentos, não é muito mais do que despejar todos os ingredientes e pulsar. Se você nunca comeu salsa verde italiana antes, você terá uma delícia, pois este molho tem uma tonelada de sabor que é definido principalmente por seus componentes mais frescos - mdashparsley e limão. A verdadeira magia, porém, reside nas adições de anchovas e alcaparras, que criam uma grande sabor e mordida pungente que introduz muita complexidade.

Como já escrevi um post inteiro sobre como fazer a porchetta defumada, não vou entrar em muitos detalhes aqui. Para uma corrida básica, porém, esta porchetta era toda pele de barriga de porco que eu temperei com uma mistura de ervas e pimenta antes de amarrar fechada e fumar até que a carne registrasse 180 graus no centro. Eu tinha comprado um pedaço de barriga monstro de quatro quilos, mas para uma multidão menor ou apenas sanduíches, você pode ir menor (embora você provavelmente queira muito para as sobras).

Depois de defumado, era hora de torrar a pele, que é um elemento crucial nesses sanduíches. Então, para fazer isso com eficiência e eficácia, usei meu espeto sobre um fogo muito quente, o que transforma aquele tipo de pele de borracha em torresmos ultracurvados em cerca de dez minutos.

Depois de tudo pronto, para fazer os sanduíches comecei divorciando a pele e a carne da porchetta e cortando cada um separadamente.

Agora que a carne da barriga estava suculenta, macia e intensamente temperada, mas cara, ela ainda não se compara à pele crocante e esfumada, da qual eu continuava estourando pedaços enquanto a cortava.

Em seguida, pincelei levemente a ciabatta com azeite de oliva e torrei no fogo. Eu tinha fatiado o pão em várias seções pequenas para o tamanho da amostra, mas uma ciabatta de tamanho grande normal provavelmente fará de três a quatro sanduíches de tamanho normal. Também usei a grelha para torrá-los porque já estava funcionando, mas nos dias subsequentes, ao fazer esses sanduíches como sobras, a torradeira fez o trabalho para mim.

Depois, para a montagem, coloquei primeiro uma camada de carne picada de porchetta, seguida por pedacinhos de casca crocante e, por fim, cobri com a salsa verde.

Eu teria ficado feliz em dizer que eles combinavam com aqueles sanduíches da Meat & Bread, mas a realidade é que eu acho que eles eram ainda melhores. Houve algumas coisas que realmente fizeram este sanduíche se destacar para mim quando comparado à inspiração e mdashmy porchetta foi mais fortemente temperado com um caráter mais forte de ervas e picantes que eu realmente gostei, e o fato de ser fumado adicionou um componente de sabor adicional que o elevou ainda mais longe. Isso aqui era a perfeição do sanduíche. Cada mordida foi inundada em um sabor imenso com carne tenra e suculenta com contrastes de textura do pão crocante e pele torrada, além da torta e molho fresco criando um equilíbrio para o peso. Eu comi seriamente por dias depois de prepará-los pela primeira vez e nunca me cansei deles. Eu, no entanto, verifiquei meu colesterol cerca de uma semana depois e estava fora das tabelas, então tome isso o que vale a pena, embora eu ainda defenda que cada sanduíche valha totalmente a pena.

Publicado em Qui, 28 de setembro de 2017 por Joshua Bousel

Sanduíches De Porchetta Defumada

  • Produção 4 porções
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 minuto
  • Total 11 minutos

Ingredientes

  • Para a Salsa Verde Italiana
  • 1 1/2 xícaras de salsa de folhas achatadas grosseiramente picadas
  • 2/3 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • Alcaparras de 1/4 xícara, drenadas
  • 3 filetes de anchova
  • 1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 dentes de alho médios, picados (cerca de 2 colheres de chá)
  • 1/2 colher de chá de raspas raladas de 1 limão
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • Para os sanduíches
  • 1 pão grande de ciabatta, dividido ao meio no sentido do comprimento e fatiado em 4 porções iguais
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem, para escovar
  • 1 1/2 lbs de porchetta defumada, pele e carne separadas e ambas grosseiramente picadas

Procedimento

  1. Para fazer a salsa verde italiana: Coloque a salsa, o azeite, as alcaparras, as anchovas, o vinagre, o suco de limão, o alho e as raspas de limão na tigela de trabalho de um processador de alimentos com lâmina de aço. Pulsar até que a salsa esteja bem picada, cerca de 10 pulsos de 1 segundo, parando para raspar as laterais da tigela conforme necessário. Tempere o molho com sal e pimenta a gosto. Transfira para uma tigela pequena e reserve.
  2. Para fazer os sanduíches: Acenda uma chaminé cheia de carvão. Quando todo o carvão estiver aceso e coberto com cinzas, despeje e espalhe o carvão uniformemente sobre toda a superfície da grelha de carvão. Coloque a grelha de cozimento, tampe a grelha e deixe aquecer por 5 minutos. Limpe e unte a grelha para grelhar. Pincele os lados cortados da ciabatta com azeite e coloque, com o lado cortado para baixo, na grelha e torrar até dourar levemente, cerca de 1. Como alternativa, torrar fatias de pão no forno ou torradeira.
  3. Coloque quantidades generosas de carne de porco picada em cada fatia de pão de baixo e cubra com a pele de porco picada e o molho verde italiano. Sirva imediatamente.

Você pode gostar também

Sanduíches De Porco Assado Filadélfia

Porchetta Defumada

Lechon Liempo Fumado

Comentários

Melhores fumantes Obrigado por este artigo, eu adoro isso. Postado em quinta-feira, 28 de setembro de 2017, às 20h44


The Meatwave

Quando decidi fazer porchetta defumada, o ímpeto era realmente comer esses sanduíches bem específicos. Veja, na semana anterior àquele Meatwave eu estava em Vancouver para uma conferência e bem próximo ao local havia uma lanchonete sobre a qual eu havia lido e sempre quis experimentar o & mdashMeat & Bread. Seu item de assinatura é um sanduíche que combina carne porchetta, pele de porco torrada e salsa verde italiana em um pãozinho de ciabatta tostado. Claro, eu tive que fazer isso enquanto estava lá, e embora o sanduíche pareça e soe aparentemente simples, foi uma incrível potência de sabores e texturas que me deixou com mais vontade depois de terminar a última mordida. Então, qual era a melhor maneira de se afastar mais de 3000 milhas do restaurante? Faça em casa!

Com um sanduíche com poucos ingredientes como esse, cada um conta ainda mais. Felizmente, uma padaria perto da minha casa faz uma ciabatta bem decente, então foi fácil conseguir alguns pães para fazer sanduíches suficientes para alimentar uma multidão.

A salsa verde italiana é algo que você definitivamente precisa fazer fresco, mas com a ajuda de um processador de alimentos, não é muito mais do que despejar todos os ingredientes e pulsar. Se você nunca comeu a salsa verde italiana, você terá uma delícia, pois este molho tem uma tonelada de sabor que é definido principalmente por seus componentes mais frescos - mdashparsley e limão. A verdadeira magia, porém, reside nas adições de anchovas e alcaparras, que criam um sabor muito saboroso e picante que introduz muita complexidade.

Como já escrevi um post inteiro sobre como fazer a porchetta defumada, não vou entrar em muitos detalhes aqui. Para uma corrida básica, porém, esta porchetta era toda pele de barriga de porco que eu temperei com uma mistura de ervas e pimenta antes de amarrar fechada e fumar até que a carne registrasse 180 graus no centro. Eu tinha comprado um pedaço de barriga monstro de quatro quilos, mas para uma multidão menor ou apenas sanduíches, você pode ir menor (embora você provavelmente queira muito para as sobras).

Depois de defumado, era hora de torrar a pele, que é um elemento crucial nesses sanduíches. Então, para fazer isso com eficiência e eficácia, usei meu espeto sobre um fogo muito quente, o que transforma aquele tipo de pele de borracha em torresmos ultracurvados em cerca de dez minutos.

Depois de tudo pronto, para fazer os sanduíches comecei divorciando a pele e a carne da porchetta e cortando cada um separadamente.

Agora que a carne da barriga estava suculenta, macia e intensamente temperada, mas cara, ainda não conseguia se comparar à pele crocante e esfumaçada, que eu continuamente ficava estourando em pedaços enquanto a cortava.

Em seguida, pincelei levemente a ciabatta com azeite de oliva e torrei no fogo. Eu tinha fatiado o pão em várias seções pequenas para o tamanho da amostra, mas uma ciabatta de tamanho grande normal provavelmente fará de três a quatro sanduíches de tamanho normal. Também usei a grelha para torrá-los porque já estava funcionando, mas nos dias subsequentes, ao fazer esses sanduíches como sobras, a torradeira fez o trabalho para mim.

Em seguida, para a montagem, coloquei primeiro uma camada de carne picada de porchetta, seguida por pedacinhos de pele crocante e, por fim, cobri com a salsa verde.

Eu teria ficado feliz em dizer que eles combinavam com aqueles sanduíches da Meat & Bread, mas a realidade é que eu acho que eles eram ainda melhores. Houve algumas coisas que realmente fizeram este sanduíche se destacar para mim quando comparado com a inspiração e mdashmy porchetta foi mais fortemente temperado com um caráter mais forte de ervas e picantes que eu realmente gostei, e o fato de ser fumado adicionou um componente de sabor adicional que o elevou ainda mais longe. Isso aqui era a perfeição do sanduíche. Cada mordida foi inundada em um sabor imenso com carne tenra e suculenta com contrastes de textura do pão crocante e pele torrada, além da torta e molho fresco criando um equilíbrio para o peso. Eu comi seriamente por dias depois de prepará-los pela primeira vez e nunca me cansei deles. Eu, no entanto, verifiquei meu colesterol cerca de uma semana depois e estava fora das tabelas, então tome isso o que vale a pena, embora eu ainda defenda que cada sanduíche valha totalmente a pena.

Publicado em Qui, 28 de setembro de 2017 por Joshua Bousel

Sanduíches De Porchetta Defumada

  • Produção 4 porções
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 minuto
  • Total 11 minutos

Ingredientes

  • Para a Salsa Verde Italiana
  • 1 1/2 xícaras de salsa de folhas achatadas grosseiramente picadas
  • 2/3 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • Alcaparras de 1/4 xícara, drenadas
  • 3 filetes de anchova
  • 1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 dentes de alho médios, picados (cerca de 2 colheres de chá)
  • 1/2 colher de chá de raspas raladas de 1 limão
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • Para os sanduíches
  • 1 pão grande de ciabatta, dividido ao meio no sentido do comprimento e fatiado em 4 porções iguais
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem, para escovar
  • 1 1/2 lbs de porchetta defumada, pele e carne separadas e ambas grosseiramente picadas

Procedimento

  1. Para fazer a salsa verde italiana: Coloque a salsa, o azeite, as alcaparras, as anchovas, o vinagre, o suco de limão, o alho e as raspas de limão na tigela de trabalho de um processador de alimentos com lâmina de aço. Pulsar até que a salsa esteja bem picada, cerca de 10 pulsos de 1 segundo, parando para raspar as laterais da tigela conforme necessário. Tempere o molho com sal e pimenta a gosto. Transfira para uma tigela pequena e reserve.
  2. Para fazer os sanduíches: Acenda uma chaminé cheia de carvão. Quando todo o carvão estiver aceso e coberto com cinzas, despeje e espalhe o carvão uniformemente sobre toda a superfície da grelha de carvão. Coloque a grelha de cozimento, tampe a grelha e deixe aquecer por 5 minutos. Limpe e unte a grelha para grelhar. Pincele os lados cortados da ciabatta com azeite e coloque, com o lado cortado para baixo, na grelha e torrar até dourar levemente, cerca de 1. Como alternativa, torrar fatias de pão no forno ou torradeira.
  3. Coloque quantidades generosas de carne de porco picada em cada fatia de pão de baixo e cubra com a pele de porco picada e o molho verde italiano. Sirva imediatamente.

Você pode gostar também

Sanduíches De Porco Assado Filadélfia

Porchetta Defumada

Lechon Liempo Fumado

Comentários

Melhores fumantes Obrigado por este artigo, eu adoro isso. Postado em quinta-feira, 28 de setembro de 2017, às 20h44


The Meatwave

Quando decidi fazer porchetta defumada, o ímpeto era realmente comer esses sanduíches bem específicos. Veja, na semana anterior àquele Meatwave eu estava em Vancouver para uma conferência e bem próximo ao local havia uma lanchonete sobre a qual eu havia lido e sempre quis experimentar o & mdashMeat & Bread. O seu item de assinatura é um sanduíche que combina carne porchetta, pele de porco torrada e salsa verde italiana em um pãozinho de ciabatta tostado. Claro, eu tive que fazer isso enquanto estava lá, e embora o sanduíche pareça e soe aparentemente simples, foi uma incrível potência de sabores e texturas que me deixou com mais vontade depois de terminar a última mordida. Então, qual era a melhor maneira de se afastar mais de 3000 milhas do restaurante? Faça em casa!

Com um sanduíche com poucos ingredientes como esse, cada um conta ainda mais. Felizmente, uma padaria perto da minha casa faz uma ciabatta bem decente, então foi fácil conseguir alguns pães para fazer sanduíches suficientes para alimentar uma multidão.

A salsa verde italiana é algo que você definitivamente precisa fazer fresco, mas com a ajuda de um processador de alimentos, não é muito mais do que despejar todos os ingredientes e pulsar. Se você nunca comeu salsa verde italiana antes, você terá uma delícia, pois este molho tem uma tonelada de sabor que é definido principalmente por seus componentes mais frescos - mdashparsley e limão. A verdadeira magia, porém, reside nas adições de anchovas e alcaparras, que criam um sabor muito saboroso e picante que introduz muita complexidade.

Como já escrevi um post inteiro sobre como fazer a porchetta defumada, não vou entrar em muitos detalhes aqui. Para uma corrida básica, porém, esta porchetta era toda pele de barriga de porco que eu temperei com uma mistura de ervas e pimenta antes de amarrar fechada e fumar até que a carne registrasse 180 graus no centro. Eu tinha comprado um pedaço de barriga monstro de quatro quilos, mas para uma multidão menor ou apenas sanduíches, você pode ir menor (embora você provavelmente queira muito para as sobras).

Depois de defumado, era hora de torrar a pele, que é um elemento crucial nesses sanduíches. Então, para fazer isso com eficiência e eficácia, usei meu espeto sobre um fogo muito quente, o que transforma aquele tipo de casca de borracha em torresmos ultracurvados em cerca de dez minutos.

Depois de tudo pronto, para fazer os sanduíches comecei divorciando a pele e a carne da porchetta e cortando cada um separadamente.

Agora que a carne da barriga estava suculenta, macia e intensamente temperada, mas cara, ela ainda não se compara à pele crocante e esfumada, da qual eu continuava estourando pedaços enquanto a cortava.

Em seguida, pincelei levemente a ciabatta com azeite de oliva e torrei no fogo. Eu tinha fatiado o pão em várias seções pequenas para o tamanho da amostra, mas uma ciabatta normal de grande porte provavelmente fará de três a quatro sanduíches de tamanho normal. Também usei a grelha para torrá-los porque já estava funcionando, mas nos dias subsequentes, ao fazer esses sanduíches como sobras, a torradeira fez o trabalho para mim.

Depois, para a montagem, coloquei primeiro uma camada de carne picada de porchetta, seguida por pedacinhos de casca crocante e, por fim, cobri com a salsa verde.

Eu teria ficado feliz em dizer que eles combinavam com aqueles sanduíches da Meat & Bread, mas a realidade é que eu acho que eles eram ainda melhores. Houve algumas coisas que realmente fizeram este sanduíche se destacar para mim quando comparado à inspiração e mdashmy porchetta foi mais fortemente temperado com um caráter mais forte de ervas e picantes que eu realmente gostei, e o fato de ser fumado adicionou um componente de sabor adicional que o elevou ainda mais. Isso aqui era a perfeição do sanduíche. Cada mordida foi inundada em um sabor imenso com carne tenra e suculenta com contrastes de textura do pão crocante e pele torrada, além da torta e molho fresco criando um equilíbrio para o peso. Eu comia seriamente por dias depois de prepará-los pela primeira vez e nunca me cansei deles. Eu, no entanto, verifiquei meu colesterol cerca de uma semana depois e ele estava fora das tabelas, então aceite o que vale a pena, embora eu ainda defenda que cada sanduíche valha totalmente a pena.

Publicado em Qui, 28 de setembro de 2017 por Joshua Bousel

Sanduíches De Porchetta Defumada

  • Produção 4 porções
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 minuto
  • Total 11 minutos

Ingredientes

  • Para a Salsa Verde Italiana
  • 1 1/2 xícaras de salsa de folhas achatadas grosseiramente picadas
  • 2/3 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • Alcaparras de 1/4 xícara, drenadas
  • 3 filetes de anchova
  • 1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 dentes de alho médios, picados (cerca de 2 colheres de chá)
  • 1/2 colher de chá de raspas raladas de 1 limão
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • Para os sanduíches
  • 1 pão grande de ciabatta, dividido ao meio no sentido do comprimento e fatiado em 4 porções iguais
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem, para escovar
  • 1 1/2 lbs de porchetta defumada, pele e carne separadas e ambas grosseiramente picadas

Procedimento

  1. Para fazer a salsa verde italiana: Coloque a salsa, o azeite, as alcaparras, as anchovas, o vinagre, o suco de limão, o alho e as raspas de limão na tigela de trabalho de um processador de alimentos com lâmina de aço. Pulsar até que a salsa esteja bem picada, cerca de 10 pulsos de 1 segundo, parando para raspar as laterais da tigela conforme necessário. Tempere o molho com sal e pimenta a gosto. Transfira para uma tigela pequena e reserve.
  2. Para fazer os sanduíches: Acenda uma chaminé cheia de carvão. Quando todo o carvão estiver aceso e coberto com cinzas, despeje e espalhe o carvão uniformemente sobre toda a superfície da grelha de carvão. Coloque a grelha de cozimento, tampe a grelha e deixe aquecer por 5 minutos. Limpe e unte a grelha para grelhar. Pincele os lados cortados da ciabatta com azeite e coloque, com o lado cortado para baixo, na grelha e torrar até dourar levemente, cerca de 1. Como alternativa, torrar fatias de pão no forno ou torradeira.
  3. Coloque quantidades generosas de carne de porco picada em cada fatia de pão de baixo e cubra com a pele de porco picada e o molho verde italiano. Sirva imediatamente.

Você pode gostar também

Sanduíches De Porco Assado Filadélfia

Porchetta Defumada

Lechon Liempo Fumado

Comentários

Melhores fumantes Obrigado por este artigo, eu adoro isso. Postado em quinta-feira, 28 de setembro de 2017, às 20h44


The Meatwave

Quando decidi fazer porchetta defumada, o ímpeto era realmente comer esses sanduíches bem específicos. Veja, na semana anterior àquele Meatwave eu estava em Vancouver para uma conferência e bem próximo ao local havia uma lanchonete sobre a qual eu havia lido e sempre quis experimentar o & mdashMeat & Bread. O seu item de assinatura é um sanduíche que combina carne porchetta, pele de porco torrada e salsa verde italiana em um pãozinho de ciabatta tostado. Claro, eu tive que fazer isso enquanto estava lá, e embora o sanduíche pareça e soe aparentemente simples, foi uma incrível potência de sabores e texturas que me deixou com mais desejo depois de terminar a última mordida. Então, qual era a melhor maneira de se afastar mais de 3000 milhas do restaurante? Faça em casa!

Com um sanduíche com poucos ingredientes como esse, cada um conta ainda mais. Felizmente, uma padaria perto da minha casa faz uma ciabatta bastante decente, então foi fácil conseguir alguns pães para fazer sanduíches suficientes para alimentar uma multidão.

A salsa verde italiana é algo que você definitivamente precisa fazer fresco, mas com a ajuda de um processador de alimentos, não é muito mais do que despejar todos os ingredientes e pulsar. Se você nunca comeu salsa verde italiana antes, você terá uma delícia, pois este molho tem uma tonelada de sabor que é definido principalmente por seus componentes mais frescos - mdashparsley e limão. A verdadeira magia, porém, reside nas adições de anchovas e alcaparras, que criam um sabor muito saboroso e picante que introduz muita complexidade.

Como já escrevi um post inteiro sobre como fazer a porchetta defumada, não vou entrar em muitos detalhes aqui. Para uma corrida básica, porém, esta porchetta era toda pele de barriga de porco que eu temperei com uma mistura de ervas e pimenta antes de amarrar fechada e fumar até que a carne registrasse 180 graus no centro. Eu tinha comprado um pedaço de barriga monstro de quatro quilos, mas para uma multidão menor ou apenas sanduíches, você pode ir menor (embora você provavelmente queira muito para as sobras).

Depois de defumado, era hora de torrar a pele, que é um elemento crucial nesses sanduíches. Então, para fazer isso com eficiência e eficácia, usei meu espeto sobre um fogo muito quente, o que transforma aquele tipo de pele de borracha em torresmos ultracurvados em cerca de dez minutos.

Depois de tudo pronto, para fazer os sanduíches comecei divorciando a pele e a carne da porchetta e cortando cada um separadamente.

Agora que a carne da barriga estava suculenta, macia e intensamente temperada, mas cara, ainda não conseguia se comparar à pele crocante e esfumaçada, que eu continuamente ficava estourando em pedaços enquanto a cortava.

Em seguida, pincelei levemente a ciabatta com azeite de oliva e torrei no fogo. Eu tinha fatiado o pão em várias seções pequenas para o tamanho da amostra, mas uma ciabatta de tamanho grande normal provavelmente fará de três a quatro sanduíches de tamanho normal. Também usei a grelha para torrá-los porque já estava funcionando, mas nos dias subsequentes, ao fazer esses sanduíches como sobras, a torradeira fez o trabalho para mim.

Depois, para a montagem, coloquei primeiro uma camada de carne picada de porchetta, seguida por pedacinhos de casca crocante e, por fim, cobri com a salsa verde.

Eu teria ficado feliz em dizer que eles combinavam com aqueles sanduíches da Meat & Bread, mas a realidade é que eu acho que eles eram ainda melhores. Houve algumas coisas que realmente fizeram este sanduíche se destacar para mim quando comparado com a inspiração e mdashmy porchetta foi mais fortemente temperado com um caráter mais forte de ervas e picantes que eu realmente gostei, e o fato de ser fumado adicionou um componente de sabor adicional que o elevou ainda mais. Isso aqui era a perfeição do sanduíche. Cada mordida foi inundada em um sabor imenso com carne tenra e suculenta com contrastes de textura do pão crocante e pele torrada, além da torta e molho fresco criando um equilíbrio para o peso. I seriously ate these for days after first making them and never tired of them. I did, however, get my cholesterol checked about a week later and it was off the charts, so take that for what it's worth, although I still stand by each sandwich being totally worth it.

Published on Thu Sep 28, 2017 by Joshua Bousel

Smoked Porchetta Sandwiches

  • Yield 4 servings
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 Minute
  • Total 11 Minutes

Ingredientes

  • For the Italian Salsa Verde
  • 1 1/2 cups packed, roughly chopped flat leaf parsley
  • 2/3 cup extra virgin olive oil
  • 1/4 cup capers, drained
  • 3 anchovy fillets
  • 1 tablespoon white wine vinegar
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 medium cloves garlic, minced (about 2 teaspoons)
  • 1/2 teaspoon freshly grated zest from 1 lemon
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • For the Sandwiches
  • 1 large ciabatta loaf, halved lengthwise and sliced into 4 equal portions
  • 2 tablespoons extra virgin olive oil, for brushing
  • 1 1/2 lbs smoked porchetta, skin and meat separated and both roughly chopped

Procedimento

  1. To make the Italian salsa verde: Place parsley, olive oil, capers, anchovies, vinegar, lemon juice, garlic, and lemon zest in work bowl of a food processor fitted with a steel blade. Pulse until parsley is finely chopped, about 10 1-second pulses, stopping to scrape down sides of bowl as necessary. Season sauce with salt and pepper to taste. Transfer to a small bowl and set aside.
  2. To make the sandwiches: Light one chimney full of charcoal. When all charcoal is lit and covered with gray ash, pour out and spread the coals evenly over entire surface of coal grate. Set cooking grate in place, cover grill and allow to preheat for 5 minutes. Clean and oil the grilling grate. Brush cut sides of ciabatta with oil and place, cut side down, on grill and toast until lightly browned, about 1. Alternatively, toast bread slices in a oven or toaster oven.
  3. Place generous amounts of chopped porchetta meat on each bottom slice of bread and top with chopped pork skin and Italian salsa verde. Sirva imediatamente.

You Might Also Like

Philadelphia Roast Pork Sandwiches

Smoked Porchetta

Smoked Lechon Liempo

Comentários

Best Smokers Thanks for this artice, i love it. Posted Thu, Sep 28 2017 8:44PM


The Meatwave

When I decided to make smoked porchetta, the impetus was really to have these very specific sandwiches. See, the week prior to that Meatwave I was in Vancouver for a conference and right next to the venue was a sandwich shop I had read about and always wanted to try&mdashMeat & Bread. They're signature item is a sandwich that combines porchetta meat, crackling pork skin, and Italian salsa verde together on a toasty ciabatta roll. Of course, I had to get this while there, and while the sandwich looks and sounds seemingly simple, it was an incredible powerhouse of flavors and textures that left me craving more after finishing the last bite. So what was the best way to get more once 3000 miles away from the restaurant? Make it at home!

With a sandwich short on ingredients such as this one, each individual one counts even more. Luckily, a bakery by my house makes some pretty decent ciabatta, so it was easy to procure a couple loaves to make enough sandwiches to feed a crowd.

Italian salsa verde is something you'll definitely need to make fresh, but with the aid of a food processor, it's not much more than dumping all the ingredients in and pulsing. If you haven't had Italian salsa verde before, you're in for a treat as this sauce holds a ton of flavor that's primarily defined by it's most fresh components&mdashparsley and lemon. The real magic though lays within the additions of anchovies and and capers, which create a great savoriness and pungent bite that introduces a lot of complexity.

Since I wrote an entire post already on making the smoked porchetta, I won't go into much detail here. For a basic run down though, this porchetta was all skin-on pork belly that I seasoned with a herb and pepper mixture before tying closed and smoking until the meat registered 180°F in the center. I had bought a nine-pound monster piece of belly, but for a smaller crowd or just sandwiches, you can go smaller (although you'll probably want a lot for leftovers).

Once smoked, it was time to crisp up that skin, which is a crucial element in these sandwiches. So to do that efficiently and effectively, I employed my rotisserie over a very hot fire, which turn that kind of rubbery skin into ultra crisp crackling in about ten minutes.

Once all complete, to make the sandwiches I started by divorcing the skin and meat of the porchetta and dicing each one separately.

Now that belly meat was juicy, tender, and intensely seasoned, but man, it still couldn't hold a candle to the crisp, smoky skin, which I continually kept popping pieces of while chopping it up.

Next I brushed the ciabatta lightly with olive oil and toasted it over the fire. I had sliced the bread into a lot of small sections for sampling size, but a normal large sized ciabatta will probably make three to four regular sized sandwiches. I also used the grill to toast them because I already had it going, but on subsequent days, when making these sandwiches as leftovers, the toaster oven did the job for me.

Then, for assembly, I first laid down a layer of the chopped porchetta meat, followed by bits of the crispy skin, and finally topping with the salsa verde.

I would have been elated to say that these matched those sandwiches from Meat & Bread, but the reality was, I think they were even better. There were couple things that really made this sandwich stand out for me when compared to the inspiration&mdashmy porchetta was more heavily seasoned with a stronger herbal and spicy character that I really liked, and the fact that it was smoked added an additional flavor component that elevated it even further. This here was sandwich perfection. Each bite was awash in immense flavor with juicy, tender meat with textural contrasts from the crisp bread and crackling skin, plus the tart and fresh salsa creating a balance to the heaviness. I seriously ate these for days after first making them and never tired of them. I did, however, get my cholesterol checked about a week later and it was off the charts, so take that for what it's worth, although I still stand by each sandwich being totally worth it.

Published on Thu Sep 28, 2017 by Joshua Bousel

Smoked Porchetta Sandwiches

  • Yield 4 servings
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 Minute
  • Total 11 Minutes

Ingredientes

  • For the Italian Salsa Verde
  • 1 1/2 cups packed, roughly chopped flat leaf parsley
  • 2/3 cup extra virgin olive oil
  • 1/4 cup capers, drained
  • 3 anchovy fillets
  • 1 tablespoon white wine vinegar
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 medium cloves garlic, minced (about 2 teaspoons)
  • 1/2 teaspoon freshly grated zest from 1 lemon
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • For the Sandwiches
  • 1 large ciabatta loaf, halved lengthwise and sliced into 4 equal portions
  • 2 tablespoons extra virgin olive oil, for brushing
  • 1 1/2 lbs smoked porchetta, skin and meat separated and both roughly chopped

Procedimento

  1. To make the Italian salsa verde: Place parsley, olive oil, capers, anchovies, vinegar, lemon juice, garlic, and lemon zest in work bowl of a food processor fitted with a steel blade. Pulse until parsley is finely chopped, about 10 1-second pulses, stopping to scrape down sides of bowl as necessary. Season sauce with salt and pepper to taste. Transfer to a small bowl and set aside.
  2. To make the sandwiches: Light one chimney full of charcoal. When all charcoal is lit and covered with gray ash, pour out and spread the coals evenly over entire surface of coal grate. Set cooking grate in place, cover grill and allow to preheat for 5 minutes. Clean and oil the grilling grate. Brush cut sides of ciabatta with oil and place, cut side down, on grill and toast until lightly browned, about 1. Alternatively, toast bread slices in a oven or toaster oven.
  3. Place generous amounts of chopped porchetta meat on each bottom slice of bread and top with chopped pork skin and Italian salsa verde. Sirva imediatamente.

You Might Also Like

Philadelphia Roast Pork Sandwiches

Smoked Porchetta

Smoked Lechon Liempo

Comentários

Best Smokers Thanks for this artice, i love it. Posted Thu, Sep 28 2017 8:44PM


The Meatwave

When I decided to make smoked porchetta, the impetus was really to have these very specific sandwiches. See, the week prior to that Meatwave I was in Vancouver for a conference and right next to the venue was a sandwich shop I had read about and always wanted to try&mdashMeat & Bread. They're signature item is a sandwich that combines porchetta meat, crackling pork skin, and Italian salsa verde together on a toasty ciabatta roll. Of course, I had to get this while there, and while the sandwich looks and sounds seemingly simple, it was an incredible powerhouse of flavors and textures that left me craving more after finishing the last bite. So what was the best way to get more once 3000 miles away from the restaurant? Make it at home!

With a sandwich short on ingredients such as this one, each individual one counts even more. Luckily, a bakery by my house makes some pretty decent ciabatta, so it was easy to procure a couple loaves to make enough sandwiches to feed a crowd.

Italian salsa verde is something you'll definitely need to make fresh, but with the aid of a food processor, it's not much more than dumping all the ingredients in and pulsing. If you haven't had Italian salsa verde before, you're in for a treat as this sauce holds a ton of flavor that's primarily defined by it's most fresh components&mdashparsley and lemon. The real magic though lays within the additions of anchovies and and capers, which create a great savoriness and pungent bite that introduces a lot of complexity.

Since I wrote an entire post already on making the smoked porchetta, I won't go into much detail here. For a basic run down though, this porchetta was all skin-on pork belly that I seasoned with a herb and pepper mixture before tying closed and smoking until the meat registered 180°F in the center. I had bought a nine-pound monster piece of belly, but for a smaller crowd or just sandwiches, you can go smaller (although you'll probably want a lot for leftovers).

Once smoked, it was time to crisp up that skin, which is a crucial element in these sandwiches. So to do that efficiently and effectively, I employed my rotisserie over a very hot fire, which turn that kind of rubbery skin into ultra crisp crackling in about ten minutes.

Once all complete, to make the sandwiches I started by divorcing the skin and meat of the porchetta and dicing each one separately.

Now that belly meat was juicy, tender, and intensely seasoned, but man, it still couldn't hold a candle to the crisp, smoky skin, which I continually kept popping pieces of while chopping it up.

Next I brushed the ciabatta lightly with olive oil and toasted it over the fire. I had sliced the bread into a lot of small sections for sampling size, but a normal large sized ciabatta will probably make three to four regular sized sandwiches. I also used the grill to toast them because I already had it going, but on subsequent days, when making these sandwiches as leftovers, the toaster oven did the job for me.

Then, for assembly, I first laid down a layer of the chopped porchetta meat, followed by bits of the crispy skin, and finally topping with the salsa verde.

I would have been elated to say that these matched those sandwiches from Meat & Bread, but the reality was, I think they were even better. There were couple things that really made this sandwich stand out for me when compared to the inspiration&mdashmy porchetta was more heavily seasoned with a stronger herbal and spicy character that I really liked, and the fact that it was smoked added an additional flavor component that elevated it even further. This here was sandwich perfection. Each bite was awash in immense flavor with juicy, tender meat with textural contrasts from the crisp bread and crackling skin, plus the tart and fresh salsa creating a balance to the heaviness. I seriously ate these for days after first making them and never tired of them. I did, however, get my cholesterol checked about a week later and it was off the charts, so take that for what it's worth, although I still stand by each sandwich being totally worth it.

Published on Thu Sep 28, 2017 by Joshua Bousel

Smoked Porchetta Sandwiches

  • Yield 4 servings
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 Minute
  • Total 11 Minutes

Ingredientes

  • For the Italian Salsa Verde
  • 1 1/2 cups packed, roughly chopped flat leaf parsley
  • 2/3 cup extra virgin olive oil
  • 1/4 cup capers, drained
  • 3 anchovy fillets
  • 1 tablespoon white wine vinegar
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 medium cloves garlic, minced (about 2 teaspoons)
  • 1/2 teaspoon freshly grated zest from 1 lemon
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • For the Sandwiches
  • 1 large ciabatta loaf, halved lengthwise and sliced into 4 equal portions
  • 2 tablespoons extra virgin olive oil, for brushing
  • 1 1/2 lbs smoked porchetta, skin and meat separated and both roughly chopped

Procedimento

  1. To make the Italian salsa verde: Place parsley, olive oil, capers, anchovies, vinegar, lemon juice, garlic, and lemon zest in work bowl of a food processor fitted with a steel blade. Pulse until parsley is finely chopped, about 10 1-second pulses, stopping to scrape down sides of bowl as necessary. Season sauce with salt and pepper to taste. Transfer to a small bowl and set aside.
  2. To make the sandwiches: Light one chimney full of charcoal. When all charcoal is lit and covered with gray ash, pour out and spread the coals evenly over entire surface of coal grate. Set cooking grate in place, cover grill and allow to preheat for 5 minutes. Clean and oil the grilling grate. Brush cut sides of ciabatta with oil and place, cut side down, on grill and toast until lightly browned, about 1. Alternatively, toast bread slices in a oven or toaster oven.
  3. Place generous amounts of chopped porchetta meat on each bottom slice of bread and top with chopped pork skin and Italian salsa verde. Sirva imediatamente.

You Might Also Like

Philadelphia Roast Pork Sandwiches

Smoked Porchetta

Smoked Lechon Liempo

Comentários

Best Smokers Thanks for this artice, i love it. Posted Thu, Sep 28 2017 8:44PM


The Meatwave

When I decided to make smoked porchetta, the impetus was really to have these very specific sandwiches. See, the week prior to that Meatwave I was in Vancouver for a conference and right next to the venue was a sandwich shop I had read about and always wanted to try&mdashMeat & Bread. They're signature item is a sandwich that combines porchetta meat, crackling pork skin, and Italian salsa verde together on a toasty ciabatta roll. Of course, I had to get this while there, and while the sandwich looks and sounds seemingly simple, it was an incredible powerhouse of flavors and textures that left me craving more after finishing the last bite. So what was the best way to get more once 3000 miles away from the restaurant? Make it at home!

With a sandwich short on ingredients such as this one, each individual one counts even more. Luckily, a bakery by my house makes some pretty decent ciabatta, so it was easy to procure a couple loaves to make enough sandwiches to feed a crowd.

Italian salsa verde is something you'll definitely need to make fresh, but with the aid of a food processor, it's not much more than dumping all the ingredients in and pulsing. If you haven't had Italian salsa verde before, you're in for a treat as this sauce holds a ton of flavor that's primarily defined by it's most fresh components&mdashparsley and lemon. The real magic though lays within the additions of anchovies and and capers, which create a great savoriness and pungent bite that introduces a lot of complexity.

Since I wrote an entire post already on making the smoked porchetta, I won't go into much detail here. For a basic run down though, this porchetta was all skin-on pork belly that I seasoned with a herb and pepper mixture before tying closed and smoking until the meat registered 180°F in the center. I had bought a nine-pound monster piece of belly, but for a smaller crowd or just sandwiches, you can go smaller (although you'll probably want a lot for leftovers).

Once smoked, it was time to crisp up that skin, which is a crucial element in these sandwiches. So to do that efficiently and effectively, I employed my rotisserie over a very hot fire, which turn that kind of rubbery skin into ultra crisp crackling in about ten minutes.

Once all complete, to make the sandwiches I started by divorcing the skin and meat of the porchetta and dicing each one separately.

Now that belly meat was juicy, tender, and intensely seasoned, but man, it still couldn't hold a candle to the crisp, smoky skin, which I continually kept popping pieces of while chopping it up.

Next I brushed the ciabatta lightly with olive oil and toasted it over the fire. I had sliced the bread into a lot of small sections for sampling size, but a normal large sized ciabatta will probably make three to four regular sized sandwiches. I also used the grill to toast them because I already had it going, but on subsequent days, when making these sandwiches as leftovers, the toaster oven did the job for me.

Then, for assembly, I first laid down a layer of the chopped porchetta meat, followed by bits of the crispy skin, and finally topping with the salsa verde.

I would have been elated to say that these matched those sandwiches from Meat & Bread, but the reality was, I think they were even better. There were couple things that really made this sandwich stand out for me when compared to the inspiration&mdashmy porchetta was more heavily seasoned with a stronger herbal and spicy character that I really liked, and the fact that it was smoked added an additional flavor component that elevated it even further. This here was sandwich perfection. Each bite was awash in immense flavor with juicy, tender meat with textural contrasts from the crisp bread and crackling skin, plus the tart and fresh salsa creating a balance to the heaviness. I seriously ate these for days after first making them and never tired of them. I did, however, get my cholesterol checked about a week later and it was off the charts, so take that for what it's worth, although I still stand by each sandwich being totally worth it.

Published on Thu Sep 28, 2017 by Joshua Bousel

Smoked Porchetta Sandwiches

  • Yield 4 servings
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 Minute
  • Total 11 Minutes

Ingredientes

  • For the Italian Salsa Verde
  • 1 1/2 cups packed, roughly chopped flat leaf parsley
  • 2/3 cup extra virgin olive oil
  • 1/4 cup capers, drained
  • 3 anchovy fillets
  • 1 tablespoon white wine vinegar
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 medium cloves garlic, minced (about 2 teaspoons)
  • 1/2 teaspoon freshly grated zest from 1 lemon
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • For the Sandwiches
  • 1 large ciabatta loaf, halved lengthwise and sliced into 4 equal portions
  • 2 tablespoons extra virgin olive oil, for brushing
  • 1 1/2 lbs smoked porchetta, skin and meat separated and both roughly chopped

Procedimento

  1. To make the Italian salsa verde: Place parsley, olive oil, capers, anchovies, vinegar, lemon juice, garlic, and lemon zest in work bowl of a food processor fitted with a steel blade. Pulse until parsley is finely chopped, about 10 1-second pulses, stopping to scrape down sides of bowl as necessary. Season sauce with salt and pepper to taste. Transfer to a small bowl and set aside.
  2. To make the sandwiches: Light one chimney full of charcoal. When all charcoal is lit and covered with gray ash, pour out and spread the coals evenly over entire surface of coal grate. Set cooking grate in place, cover grill and allow to preheat for 5 minutes. Clean and oil the grilling grate. Brush cut sides of ciabatta with oil and place, cut side down, on grill and toast until lightly browned, about 1. Alternatively, toast bread slices in a oven or toaster oven.
  3. Place generous amounts of chopped porchetta meat on each bottom slice of bread and top with chopped pork skin and Italian salsa verde. Sirva imediatamente.

You Might Also Like

Philadelphia Roast Pork Sandwiches

Smoked Porchetta

Smoked Lechon Liempo

Comentários

Best Smokers Thanks for this artice, i love it. Posted Thu, Sep 28 2017 8:44PM


The Meatwave

When I decided to make smoked porchetta, the impetus was really to have these very specific sandwiches. See, the week prior to that Meatwave I was in Vancouver for a conference and right next to the venue was a sandwich shop I had read about and always wanted to try&mdashMeat & Bread. They're signature item is a sandwich that combines porchetta meat, crackling pork skin, and Italian salsa verde together on a toasty ciabatta roll. Of course, I had to get this while there, and while the sandwich looks and sounds seemingly simple, it was an incredible powerhouse of flavors and textures that left me craving more after finishing the last bite. So what was the best way to get more once 3000 miles away from the restaurant? Make it at home!

With a sandwich short on ingredients such as this one, each individual one counts even more. Luckily, a bakery by my house makes some pretty decent ciabatta, so it was easy to procure a couple loaves to make enough sandwiches to feed a crowd.

Italian salsa verde is something you'll definitely need to make fresh, but with the aid of a food processor, it's not much more than dumping all the ingredients in and pulsing. If you haven't had Italian salsa verde before, you're in for a treat as this sauce holds a ton of flavor that's primarily defined by it's most fresh components&mdashparsley and lemon. The real magic though lays within the additions of anchovies and and capers, which create a great savoriness and pungent bite that introduces a lot of complexity.

Since I wrote an entire post already on making the smoked porchetta, I won't go into much detail here. For a basic run down though, this porchetta was all skin-on pork belly that I seasoned with a herb and pepper mixture before tying closed and smoking until the meat registered 180°F in the center. I had bought a nine-pound monster piece of belly, but for a smaller crowd or just sandwiches, you can go smaller (although you'll probably want a lot for leftovers).

Once smoked, it was time to crisp up that skin, which is a crucial element in these sandwiches. So to do that efficiently and effectively, I employed my rotisserie over a very hot fire, which turn that kind of rubbery skin into ultra crisp crackling in about ten minutes.

Once all complete, to make the sandwiches I started by divorcing the skin and meat of the porchetta and dicing each one separately.

Now that belly meat was juicy, tender, and intensely seasoned, but man, it still couldn't hold a candle to the crisp, smoky skin, which I continually kept popping pieces of while chopping it up.

Next I brushed the ciabatta lightly with olive oil and toasted it over the fire. I had sliced the bread into a lot of small sections for sampling size, but a normal large sized ciabatta will probably make three to four regular sized sandwiches. I also used the grill to toast them because I already had it going, but on subsequent days, when making these sandwiches as leftovers, the toaster oven did the job for me.

Then, for assembly, I first laid down a layer of the chopped porchetta meat, followed by bits of the crispy skin, and finally topping with the salsa verde.

I would have been elated to say that these matched those sandwiches from Meat & Bread, but the reality was, I think they were even better. There were couple things that really made this sandwich stand out for me when compared to the inspiration&mdashmy porchetta was more heavily seasoned with a stronger herbal and spicy character that I really liked, and the fact that it was smoked added an additional flavor component that elevated it even further. This here was sandwich perfection. Each bite was awash in immense flavor with juicy, tender meat with textural contrasts from the crisp bread and crackling skin, plus the tart and fresh salsa creating a balance to the heaviness. I seriously ate these for days after first making them and never tired of them. I did, however, get my cholesterol checked about a week later and it was off the charts, so take that for what it's worth, although I still stand by each sandwich being totally worth it.

Published on Thu Sep 28, 2017 by Joshua Bousel

Smoked Porchetta Sandwiches

  • Yield 4 servings
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 Minute
  • Total 11 Minutes

Ingredientes

  • For the Italian Salsa Verde
  • 1 1/2 cups packed, roughly chopped flat leaf parsley
  • 2/3 cup extra virgin olive oil
  • 1/4 cup capers, drained
  • 3 anchovy fillets
  • 1 tablespoon white wine vinegar
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 medium cloves garlic, minced (about 2 teaspoons)
  • 1/2 teaspoon freshly grated zest from 1 lemon
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • For the Sandwiches
  • 1 large ciabatta loaf, halved lengthwise and sliced into 4 equal portions
  • 2 tablespoons extra virgin olive oil, for brushing
  • 1 1/2 lbs smoked porchetta, skin and meat separated and both roughly chopped

Procedimento

  1. To make the Italian salsa verde: Place parsley, olive oil, capers, anchovies, vinegar, lemon juice, garlic, and lemon zest in work bowl of a food processor fitted with a steel blade. Pulse until parsley is finely chopped, about 10 1-second pulses, stopping to scrape down sides of bowl as necessary. Season sauce with salt and pepper to taste. Transfer to a small bowl and set aside.
  2. To make the sandwiches: Light one chimney full of charcoal. When all charcoal is lit and covered with gray ash, pour out and spread the coals evenly over entire surface of coal grate. Set cooking grate in place, cover grill and allow to preheat for 5 minutes. Clean and oil the grilling grate. Brush cut sides of ciabatta with oil and place, cut side down, on grill and toast until lightly browned, about 1. Alternatively, toast bread slices in a oven or toaster oven.
  3. Place generous amounts of chopped porchetta meat on each bottom slice of bread and top with chopped pork skin and Italian salsa verde. Sirva imediatamente.

You Might Also Like

Philadelphia Roast Pork Sandwiches

Smoked Porchetta

Smoked Lechon Liempo

Comentários

Best Smokers Thanks for this artice, i love it. Posted Thu, Sep 28 2017 8:44PM


The Meatwave

When I decided to make smoked porchetta, the impetus was really to have these very specific sandwiches. See, the week prior to that Meatwave I was in Vancouver for a conference and right next to the venue was a sandwich shop I had read about and always wanted to try&mdashMeat & Bread. They're signature item is a sandwich that combines porchetta meat, crackling pork skin, and Italian salsa verde together on a toasty ciabatta roll. Of course, I had to get this while there, and while the sandwich looks and sounds seemingly simple, it was an incredible powerhouse of flavors and textures that left me craving more after finishing the last bite. So what was the best way to get more once 3000 miles away from the restaurant? Make it at home!

With a sandwich short on ingredients such as this one, each individual one counts even more. Luckily, a bakery by my house makes some pretty decent ciabatta, so it was easy to procure a couple loaves to make enough sandwiches to feed a crowd.

Italian salsa verde is something you'll definitely need to make fresh, but with the aid of a food processor, it's not much more than dumping all the ingredients in and pulsing. If you haven't had Italian salsa verde before, you're in for a treat as this sauce holds a ton of flavor that's primarily defined by it's most fresh components&mdashparsley and lemon. The real magic though lays within the additions of anchovies and and capers, which create a great savoriness and pungent bite that introduces a lot of complexity.

Since I wrote an entire post already on making the smoked porchetta, I won't go into much detail here. For a basic run down though, this porchetta was all skin-on pork belly that I seasoned with a herb and pepper mixture before tying closed and smoking until the meat registered 180°F in the center. I had bought a nine-pound monster piece of belly, but for a smaller crowd or just sandwiches, you can go smaller (although you'll probably want a lot for leftovers).

Once smoked, it was time to crisp up that skin, which is a crucial element in these sandwiches. So to do that efficiently and effectively, I employed my rotisserie over a very hot fire, which turn that kind of rubbery skin into ultra crisp crackling in about ten minutes.

Once all complete, to make the sandwiches I started by divorcing the skin and meat of the porchetta and dicing each one separately.

Now that belly meat was juicy, tender, and intensely seasoned, but man, it still couldn't hold a candle to the crisp, smoky skin, which I continually kept popping pieces of while chopping it up.

Next I brushed the ciabatta lightly with olive oil and toasted it over the fire. I had sliced the bread into a lot of small sections for sampling size, but a normal large sized ciabatta will probably make three to four regular sized sandwiches. I also used the grill to toast them because I already had it going, but on subsequent days, when making these sandwiches as leftovers, the toaster oven did the job for me.

Then, for assembly, I first laid down a layer of the chopped porchetta meat, followed by bits of the crispy skin, and finally topping with the salsa verde.

I would have been elated to say that these matched those sandwiches from Meat & Bread, but the reality was, I think they were even better. There were couple things that really made this sandwich stand out for me when compared to the inspiration&mdashmy porchetta was more heavily seasoned with a stronger herbal and spicy character that I really liked, and the fact that it was smoked added an additional flavor component that elevated it even further. This here was sandwich perfection. Each bite was awash in immense flavor with juicy, tender meat with textural contrasts from the crisp bread and crackling skin, plus the tart and fresh salsa creating a balance to the heaviness. I seriously ate these for days after first making them and never tired of them. I did, however, get my cholesterol checked about a week later and it was off the charts, so take that for what it's worth, although I still stand by each sandwich being totally worth it.

Published on Thu Sep 28, 2017 by Joshua Bousel

Smoked Porchetta Sandwiches

  • Yield 4 servings
  • Preparação 10 minutos
  • cozinhar 1 Minute
  • Total 11 Minutes

Ingredientes

  • For the Italian Salsa Verde
  • 1 1/2 cups packed, roughly chopped flat leaf parsley
  • 2/3 cup extra virgin olive oil
  • 1/4 cup capers, drained
  • 3 anchovy fillets
  • 1 tablespoon white wine vinegar
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 medium cloves garlic, minced (about 2 teaspoons)
  • 1/2 teaspoon freshly grated zest from 1 lemon
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • For the Sandwiches
  • 1 large ciabatta loaf, halved lengthwise and sliced into 4 equal portions
  • 2 tablespoons extra virgin olive oil, for brushing
  • 1 1/2 lbs smoked porchetta, skin and meat separated and both roughly chopped

Procedimento

  1. To make the Italian salsa verde: Place parsley, olive oil, capers, anchovies, vinegar, lemon juice, garlic, and lemon zest in work bowl of a food processor fitted with a steel blade. Pulse until parsley is finely chopped, about 10 1-second pulses, stopping to scrape down sides of bowl as necessary. Season sauce with salt and pepper to taste. Transfer to a small bowl and set aside.
  2. To make the sandwiches: Light one chimney full of charcoal. When all charcoal is lit and covered with gray ash, pour out and spread the coals evenly over entire surface of coal grate. Set cooking grate in place, cover grill and allow to preheat for 5 minutes. Clean and oil the grilling grate. Brush cut sides of ciabatta with oil and place, cut side down, on grill and toast until lightly browned, about 1. Alternatively, toast bread slices in a oven or toaster oven.
  3. Place generous amounts of chopped porchetta meat on each bottom slice of bread and top with chopped pork skin and Italian salsa verde. Sirva imediatamente.

You Might Also Like

Philadelphia Roast Pork Sandwiches

Smoked Porchetta

Smoked Lechon Liempo

Comentários

Best Smokers Thanks for this artice, i love it. Posted Thu, Sep 28 2017 8:44PM


Assista o vídeo: Aula 26 - Porchetta. Cansei de ser Chef (Outubro 2021).